terça-feira , outubro 15 2019

Fazer a chuca

fazer-a-chuca

O que é fazer a chuca?

Existem diversos nomes para o processo da lavagem retal pré-sexo anal. Alguns deles são: chuca (ou xuca), enema, duchinha, mangueirinha. O intuito de fazer a chuca é deixar o “caminho limpo” para o seu parceiro no sexo anal. Como todos sabem, o ânus é um órgão excretor por onde saem as fezes e por isso é um órgão naturalmente sujo. A chuca é essa limpeza realizada antes do sexo para não sujar o pênis do parceiro de fezes, ou como é usado na gíria: não passar cheque.

Fazer a chuca pra que?

A chuca deve ser feita antes do sexo anal para garantir um sexo com mais higiene e sem surpresas desagradáveis. Existe muita polêmica sobre a necessidade de fazer ou não fazer a chuca. Mas a verdade é que essa é uma decisão que cabe somente a quem será penetrado e, se este assim permitir, ao seu parceiro, porém acidentes sempre podem acontecer e fezes no pênis do parceiro logo nos primeiros encontros podem comprometer uma relação.

Fazer a chuca pode ainda além de deixar o sexo mais higiênico poderá deixa-los mais tranquilos, com uma preocupação a menos para a hora da transa. Fazendo a chuca você consegue relaxar e ter mais prazer.

Cinco métodos para fazer a chuca (o sexto certamente é o melhor)

Realizar o processo da limpeza do reto, ou seja, fazer a chuca, da forma correta faz toda a diferença para os parceiros, pois se for feita de forma incorreta, poderá trazer problemas ao invés de solução. O processo não é complexo, porém certos cuidados devem ser tomados para que não sejam prejudiciais a saúde. Para a lavagem mais profunda, você poderá escolher entre as seis opções que detalharemos abaixo, duas delas (as duas primeiras) são limpezas mais superficiais e 4 delas garantem uma limpeza mais profunda (a última é especial pois não requer esforço). Vamos ao que interessa:

1 – Fazer a chuca com lenço umedecido

lenco-umedecido-ou-algodão

Fazer a chuca utilizando lenço umedecido ou algodão é certamente a técnica mais prática e simples, podendo ser feita em qualquer lugar, a qualquer hora.

Como proceder: Abra bem as pernas, se posicione em posição fecal e delicadamente insira delicadamente o lenço umedecido ou algodão no ânus com a ajuda de um ou dois dedos. Já com os dedos introduzidos no anos, faça movimentos circulares limpando toda a região, removendo o lenço ou algodão ao término. Esteja com as unhas bem amparadas e limpas para evitar infecções e lesões. É imprescindível que o lenço ou algodão esteja umedecido apenas com água, pois outros líquidos como sabonetes, loções e cosméticos podem causar irritações na mucosa.

2 – Fazer a chuca no banho

fazer-a-chuca-no-banho

Está sem paciência para realizar todo o processo da chuca? Você pode fazer uma auto limpeza na hora do banho. O processo é parecido com o descrito acima no item 1, porém nela você utiliza a água do banho para ajudar na limpeza, bastando agachar-se, inserir o dedo no ânus e ir removendo as fezes da parte mais superficial dele. Essa solução não servirá para uma limpeza mais profunda, até por que os dedos são normalmente menores que o pênis que penetrará no ânus, mas a notícia boa é que a sujeira geralmente se aloja na parte mais superficial do ânus.

3 – Fazer a chuca com chuveirinho

chuveirinho

Esse método da chuca con chuveirinho é bastante utilizado, porém não é o melhor, na nossa opinião, pois pode causar danos aos seus adeptos, já que neste método você não controla a quantidade de água que entra no ânus e portanto pode sofre lesões.

  • Primeiro passo: Com o chuveirinho desligado, retire o bico da mangueira e coloque a sua ponta no orifício do ânus (atenção: sem inserir a mangueira dentro do ânus). Caso ainda não tenha muita elasticidade no ánus é válido auxiliar a abertura com as pontas dos dedos.
  • Segundo passo: Certifíque-se que a água está limpa, ligue o chuveirinho e deixe a água, na temperatura morna (nem quente e nem fria) entrar no ânus. Tenha cuidado com a quantidade de água, que deve ser bem pouca, cerca de 100ml a 150ml, usar mais que isso pode lhe trazer problemas, então sempre use o mínimo possível.
  • Terceiro passo: Com a quantidade de água suficiente, é hora de eliminá-la junto com a sujeira. Dirija-se até o vaso sanitário, já que junto com a água, será eliminada a sujeira do ânus.

Repita o processo cerca de 3x no máximo, para deixar tudo bem limpinho, depois dê uma lubrificada no ânus com sua própria saliva. Não use sabonete ou shampoo pois podem lhe causar alergia ou inflamações.

4 – Fazer a chuca com kit enema

kit edema

Para limpar bem o seu ânus sem correr nenhum risco expondo sua saúde, é recomendado usar uma seringa auricular, também conhecida como kit enema. Este kit enema é encontrado em qualquer farmácia e é um método bem simples além de bastante seguro.

Muitos kits enemas já vem com a ponta lubrificada e com um líquido dentro para a limpeza. Caso o seu não venha, certifique-se de utilizar um pouco de lubrificante no ânus para que consiga inserir a seringa sem lesões e aplique o líquido dentro do ânus (se seu kit não vier com o líquido para limpeza, seu manual de instruções o instruirá em como enchê-lo de água na medida certa). Após o processo, sente no vaso sanitário para que os resíduos sejam expelidos de seu ânus.

5 – Fazer a chuca com chuqueiras

chuqueira

As chuqueiras, encontradas em sexshops e lojas virtuais, são parecidas com o kit enemas, pois tem um bico e um recipiente no qual você encherá de água, na medida certa, sem prejudicar seu organismo. É mais seguro que usar o chuveirinho pois você terá o controle da quantidade de água inserida no ânus.

Como usar: Lubrifique a ponta da chuqueira, a insira no ânus, despeje toda a água dentro do ânus e se dirija ao vaso sanitário para explelir os resíduos fecais junto com a água.

6 – Fazer a chuca com o Pureclean (nossa escolha)

pureclean

Já bastante conhecido nos EUA e Europa, acaba de chegar ao Brasil o Pureclean, que tem apresentando  resultados surpreendentes por quem já o utilizou. Ele irá eliminar todos os resíduos desde o intestino, equilibrando a flora intestinal, evitando inchaços, gases e desconforto abdominal, enfim, é um suplemento a base de fibras que vai promover naturalmente a limpeza digestiva e higiene pessoal, mantendo seu ânus sempre limpo, evitando acidentes constrangedores.

O melhor é que o Pureclean é 100% natural, sem contra indicações, e usá-lo é muito fácil:

  • Passo 1: Tome de 2 a 3 capsulas 2 vezes ao dia. Beba sempre bastante água.
  • Passo 2: Faça sua higiene pessoal normal após defecar.
  • Passo 3: Aproveite o sexo anal sem preocupação.

Fazer a chuca é saudável? Fazer a chuca faz mal à saude?

Essas são duas perguntas recebemos aos montes em nosso e-mail e por isso resolvemos responder por aqui. A chuca, se feita em média uma vez por semana, não é prejudicial, porém se feita em excesso pode fazer com que o intestino tenha dificuldades em trabalhar naturalmente e ocasione o que chamamos  de “chuca viciante”, na qual o indivíduo passa a conseguir evacuar apenas com o uso do chuveirinho. Além disso o excesso de chuca ainda pode causar lesões e redução da flora intestinal e mucosidade.

É importante ressaltar que problema não ocorre com o uso do Pureclean, que elimina os resíduos agindo na raiz do problema, regulando seu intestino e evitando por em risco:

  • O funcionamento de seu intestino, que pode se acomodar e só querer ‘trabalhar’ quando submetido à prática da chuca convencional;
  • O funcionamento de sua ora intestinal, que contém bactérias necessárias para seu bom funcionamento e também pode acabar comprometida;
  • Além de pode estar expondo o bom funcionamento da mucosa que fabrica o muco para o deslizamento das fezes no reto.

Portanto se optar pela chuca convencional, faça no máximo duas vezes por semana, mas enfatizo que recomendamos o uso do Pureclean, por ser 100% natural e não oferecer nenhum tipo de risco.

Desejamos a todos uma boa transa, sem surpresas indesejadas e com muito prazer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *